Sobre "Cette fois" [2011]

[Performance audiovisual]

 

Alessandra Bochio, Vídeo - Felipe Merker Castellani, Música

 

Em Cette fois (1976), como também em outras peças de Beckett, ocorre uma espécie de dissolução dos corpos dos atores, na qual sobram apenas cabeças, silhuetas ou bocas dos mesmos. Além disso, existe algo que é recorrente em todas elas, e que nos permite ligá-las até mesmo com os seus romances, como Molloy ou O Inominável, que é a presença de uma voz confinada, que não cessa de falar. Nunca identificamos ao certo sobre o que falam essas vozes. Dentre de um fluxo quase ininterrupto, apenas identificamos algumas reiterações, diferenças de velocidades, de entonação e pequenas interrupções. Talvez seja este nosso ponto de partida para o presente trabalho, este lugar que se situa entre linguagem e música, entre música e silêncio, entre linguagem e imagem, entre linguagem e silêncio. Não se trata simplesmente de identificar e traçar um caminho para chegar a esse lugar, na verdade não sabemos se trata-se mesmo de um lugar, e se é possível identificá-lo. Enfim, seria essa uma tentativa nossa de se aproximar dele, ou mesmo de lhe resvalar rapidamente…

[topo]

 

Sonoridades II [2009]

[composição para 8 instrumentistas]

Felipe Merker Castellani, Composição

Sonoridades II - Felipe Merker Castellani
00:00 / 00:00

Gravação realizada no 40.º Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão pelo Grupo de Câmara do Festival / Resident Ensemble of the Festival

Juliano Suzuki, Regência - Marício Freire, Flute - Kathy Halvorson, Oboé - Luís Afonso Montanha, Clarinete e Clarone - Eliane Tokeshi e Luiz Amato, Violinos - Ricardo Kubala, Viola - Fabio Presgrave, Violoncello - Pedro Gadelha, Contrabaixo

[topo]

 

A Cortázar [2007]

[composição para piano solo]

Felipe Merker Castellani, Composição - Lídia Bazarian, piano

A Cortázar - Felipe Merker Castellani, interp. Lídia Bazarian
00:00 / 00:00

Esta gravação é parte do cd "Ressonâncias", gravado pelo grupo Sonâncias em 2007.

[topo]