Corpo-imagem-som: a criação musical e suas conexões

 

Tese de doutorado, UNICAMP, 2016

Orientador: Silvio Ferraz Mello Filho

Agência de fomento: FAPESP

Resumo

Como se constroem os espaços poéticos e operacionais da criação musical colocada em relação com outras práticas e meios de expressão artísticos, como a dança, o vídeo e as artes da cena?


A partir dessa questão busco investigar no presente trabalhos as inter-relações entre corpo, imagem e som em contextos nos quais a criação musical se encontra conectada a outros meios e práticas artísticas. Para tanto, faz-se necessário compreender tais contextos a partir das interações entre os diferentes elementos que os configuram, objetivando desta forma delimitar os espaços poéticos e operacionais nos quais os artistas agem.


Proponho duas abordagens principais que interagem de forma complementar; a primeira delas lança mão de olhar relacional, buscando compreender de que forma três artistas operam em tal campo problemático: Georges Aperghis, Thierry De Mey e Anne Teresa De Keersmaeker. A segunda, possui um caráter autorreflexivo, tratando a questão apontada anteriormente em trabalhos criados por mim em colaboração com outros artistas. Por fim, são apresentadas entrevistas com alguns dos artistas abordados e um portfólio, contendo a produção artística desenvolvida durante a realização dessa pesquisa.


Palavras-chave: criação musical; corpo-imagem-som; relação entre meios; Georges Aperghis; Thierry De Mey; Anne Teresa De Keersmaeker

Body-sound-image: the musical creation and its connections

 

Abstract
How to construct the poetical and operational spaces of musical creation related to other practices and means of artistic expression such as dance, video and performing arts?


Starting from this question, in this work I investigate the interrelationships between body, image and sound in contexts in which musical creation is connected to other media and artistic practices. Therefore, it is necessary to understand these contexts by identifying the interaction of elements that compose it, and afterwards then the poetical and operational spaces in which the artists act.


I propose two main complementary approaches. Firstly, I present relations among the poetical and operational spaces of three artists: Georges Aperghis, Thierry De Mey and Anne Teresa De Keersmaeker. The second approach has a self-reflective character, addressing the artistic question pointed out by developing artistic works in collaboration with others artists. Finally, we also present interviews of the artists analyzed and an artistic portfolio with the artistic production developed during this research.


Keywords: musical creation; body-sound-image; relations between medias; Georges Aperghis; Thierry De Mey; Anne Teresa De Keersmaeker